Colômbia: Mais de um milhão de camponeses em Greve Nacional Agrária

segunda-feira 19 de Agosto de 2013

Todas as versões deste artigo : [Español] [Português]

Autor: ALER.

Editora e Canal: Associação Latino-Americana de Educação Radiofônica (ALER).

Tipo de documento: Notícia.

Língua: Espanhol.

Assunto: Política.

As palavras-chave: Afro-descendentes, camponeses, indígenas, tratados de livre comércio, política mineira, terra e territorialidade.

Países e Regiões: Colômbia.

Uma greve nacional agrária começou hoje na Colômbia, para exigir medidas e ações do governo levando em conta a "profunda crise" da produção agropecuária que atinge todos os ítens produtivos no campo, especialmente depois do período de abertura econômica iniciado nos anos 80, e a assinatura de Tratados de Livre Comércio pelos mais recentes governos colombianos, que deixaram a produção nacional em desvantagem.

Cesar Jerez membro da Associação Nacional de Reservas Camponesas disse: "estamos exigindo o acesso à propriedade da terra, à territorialidade camponesa como elemento chave, principalmente através das zonas rurais que estão na Lei 160 e que vêm sofrendo veto ilegal por parte do Ministério da Defesa colombiano".

Jeréz explica que exigem a participação efetiva das comunidades de mineiros tradicionais e artesanais na formulação e no desenvolvimento da política mineira, "é um setor que vem sendo reprimido pelos mais recentes governos da Colômbia".

A outra demanda é o cumprimento das garantias para o exercício dos direitos políticos dos camponeses, indígenas e os afro-descendentes, "são setores sociais e organizações assinalados sistematicamente pelo governo, portanto estão em risco permanente. Na Colômbia, há perto de sete mil presos políticos...", afirma.

A greve nacional agrária mostra o abandono histórico de um setor que ainda fornece 70% dos alimentos consumidos no país. Jeréz disse que ao começar a greve hoje, segunda-feira, 19 de agosto, houve obstruções e um forte movimento militar em algumas rodovias, como a Pan-Americana, que liga o sudoeste do país ao Equador. Mais de um milhão de colombianos saíram às ruas, desde bem cedo.

Nas primeiras horas, ao começar a Greve Nacional, circularam informações de detenções de camponeses. O protesto conta com grande apoio popular.

Ver em linha : Colômbia: Mais de um milhão de camponeses em Greve Nacional Agrária

Tejiendo Redes.
C/ Hermanos García Noblejas, 41, 8º. 28037 - MADRID.
Tlf: 91 4084112 Fax: 91 408 70 47. Email: comunicacion@fidc.gloobal.net

SPIP |