CONAMAQ: 16 anos defendendo os direitos dos povos indígenas originários da Bolívia

sexta-feira 22 de Março de 2013

Todas as versões deste artigo : [Español] [Português]

Autora: Coordenação Andina de Organizações Indígenas (CAOI).

Canal: CAOI.

Tipo de documento: Notícia.

Linguagem: espanhol.

Assunto: Povos indígenas.

As palavras-chave: Democracia, Direitos dos povos indígenas, Organismos internacionais, Povos indígenas, Terra.

Países e Regiões: Bolívia.

Veja notícia em link direto.

Em 22 de março de 1997 foi criado o Conselho Nacional de Ayllus e Markas de Quyasuyu (CONAMAQ), com o objetivo principal de lutar contra o modelo neoliberal reinante e pela instauração do sistema de vida em reciprocidade e de um Estado plurinacional comunitário na Bolívia. CONAMAQ faz parte da Coordenação Andina de Organizações Indígenas (CAOI).

Durante 16 anos, CONAMAQ desenvolveu estratégias para a defesa dos direitos dos povos e nacionalidades indígenas na Bolívia, buscou integrar e articular os propósitos de avançar em direção a um sistema democrático participativo, produtivo comprometido com o desenvolvimento integral e com a livre autodeterminação dos povos indígenas. Sua missão é ser o centro político das Nações e Povos Indígenas Originários e exercer o Governo próprio do Qullasuyu, através do fortalecimento e da reconstituição dos Ayllus, Markas e Suyus de acordo com a sabedoria (visão cósmica andina), a partir do princípio de dualidade, reciprocidade e redistribuição nos territórios ancestrais.

Em 22 de março, com a presença de autoridades originárias de todos os Ayllus, Markas e Suyus, convidados internacionais e membros da Diretoria da CAOI haverá atos de comemoração pelo aniversário de sua criação.

Ver em linha : CONAMAQ: 16 anos defendendo os direitos dos povos indígenas originários da Bolívia

Tejiendo Redes.
C/ Hermanos García Noblejas, 41, 8º. 28037 - MADRID.
Tlf: 91 4084112 Fax: 91 408 70 47. Email: comunicacion@fidc.gloobal.net

SPIP |