Desenvolvimento na América Latina 2000 – 2010

quinta-feira 10 de Outubro de 2013

Todas as versões deste artigo : [Español] [Português]

Autor: Sistema de Informação de Tendências Educativas na América Latina (SITEAL).

Editora e Canal: SITEAL.

Tipo de documento: Artigo.

Língua: Espanhol.

Assunto: Desenvolvimento.

As palavras-chave: Desenvolvimento humano, expectativa de vida e pobreza.

Países e Regiões: América Latina e o Caribe.

A população da América Latina é de 565,7 milhões de pessoas. Brasil e México concentram 54% da população. No período 2000 – 2010, a população latino-americana aumentou em 13%. A primeira infância congrega 100,8 milhões de crianças na faixa de 0 a 8 anos. A população escolar na faixa etária de 5 a 17 anos eleva-se a 143,1 milhões e a população menor de 20 anos ascende a 220,8 milhões de pessoas.

No período 2000 – 2010, o PIB de todos os países da América Latina aumentou notavelmente. Na maioria dos países, o crescimento foi acompanhado de melhor distribuição de rendas e redução da proporção da população sob o limite de pobreza. Não obstante, o nível de pobreza na América Latina continua sendo alarmante.

De 2000 a 2010, o número de crianças que morreram antes de completarem o primeiro ano de vida diminuiu notavelmente, ao mesmo tempo, aumentou a esperança de vida ao nascer. Em resumo, o contexto favorável se traduziu no aumento generalizado do nível de desenvolvimento humano que, contudo, foi insuficiente para reverter a privação econômica na que vive uma boa parte da população latino-americana, e as profundas e persistentes desigualdades que caracterizam a região.

Veja texto completo:

PDF - 220.6 kb

Ver em linha : Desenvolvimento na América Latina 2000 – 2010

Tejiendo Redes.
C/ Hermanos García Noblejas, 41, 8º. 28037 - MADRID.
Tlf: 91 4084112 Fax: 91 408 70 47. Email: comunicacion@fidc.gloobal.net

SPIP |