Direito de todos e todas à educação com educação para o desenvolvimento sustentável

quinta-feira 5 de Setembro de 2013

Todas as versões deste artigo : [Español] [Português]

Autor: Ileana Malito.

Editora e Canal: Conselho de Educação Popular da América Latina e do Caribe (CEAAL).

Tipo de documento: Artigo.

Língua: Espanhol.

Assunto: Educação.

As palavras-chave: Direito à educação, direito humano, desenvolvimento sustentável, pobreza e violência de gênero.

Países e Regiões: América Latina e o Caribe.

As apostas Pós-2015 em garantir o direito de todos e todas à educação, especialmente dos jovens e adultos, norteadas para superar a pobreza e combater a violência de gênero, a conseguir uma sociedade justa e democrática, deixam claro que a premissa fundamental é: "Necessitamos uma educação que nos encaminhe a um desenvolvimento sustentável sem pobreza, nem violência de gênero".

Isto abre a possibilidade do debate em torno do desenvolvimento sustentável e o poder transformador da educação, para criar as bases e as condições de um desenvolvimento sustentável.

É essencial ressignificar o propósito e as práticas da educação, vendo-a como um direito humano, tanto em sua dimensão formal quanto não formal que abre os olhos para a democratização da sociedade, para formar cidadãos críticos, capazes de articular-se com outros, a fim de transformar a ordem social, em busca de maior justiça social, econômica e ambiental, mas que ultrapasse o local e permita entender e discutir soluções para os problemas de escala global.

O debate em torno do desenvolvimento precisa de uma estratégia educativa que promova a inclusão e a igualdade em todas as suas manifestações (gênero, culturas, idade, orientação sexual), com sentido de autonomia, solidariedade e diversidade.

Por conseguinte, o desenvolvimento sustentável necessita mudanças de mentalidade e de comportamento. Nesta direção, a educação é um elemento-chave. Tornar viável o futuro sustentável requer enfrentar vários desafios: impulsionar uma educação para o desenvolvimento sustentável que contribua para uma leitura integral do meio; preparar os cidadãos para a oportuna tomada de decisões; bem como impulsionar seu comportamento para conseguir um desenvolvimento culturalmente plural, equitativo e fisicamente sustentável.

A educação para o desenvolvimento sustentável, portanto, pretende integrar os valores e as práticas do desenvolvimento sustentável em todos os aspectos da educação dos indivíduos.

Ver em linha : Direito de todos e todas à educação com educação para o desenvolvimento sustentável

Tejiendo Redes.
C/ Hermanos García Noblejas, 41, 8º. 28037 - MADRID.
Tlf: 91 4084112 Fax: 91 408 70 47. Email: comunicacion@fidc.gloobal.net

SPIP |