Violência doméstica contra as mulheres solteiras que nunca se casaram nos territórios ocupados

quinta-feira 6 de Junho de 2013

Todas as versões deste artigo : [English] [Español] [Português]

Fonte: AWID.

Data: 5 de junho de 2013.

As palavras-chave: Educação, Refugiados e deslocados internos, Violência contra as mulheres, Conflito armado e Guerra, Trabalho.

Este estudo examina a associação entre a faculdade decisória e outras variáveis, bem como a violência doméstica contra as mulheres solteiras que nunca se casaram no Território Palestino Ocupado (TPO).

Um estudo feito utilizando dados obtidos de uma pesquisa feita pelo Bureau Central de Estatísticas Palestinas de 2006 revelou que a faculdade decisória e a idade foram elementos significativos para predizer o abuso físico e psicológico. A relação entre o chefe de família, o status de refugiado, a educação, o emprego, e a localidade não foi significativa; a região só foi importante nos casos de abuso psicológico. Precisa-se de outros estudos para compreender quais são os fatores que permitem que as mulheres solteiras, que nunca se casaram, exerçam a faculdade decisória no lar e sua associação com a violência doméstica.

Por Shireen Assaf, e Stephanie Chaban 2013. Violência Contra a Mulher 19(3) 422–441.

Ler a publicação (em formato PDF)

Tejiendo Redes.
C/ Hermanos García Noblejas, 41, 8º. 28037 - MADRID.
Tlf: 91 4084112 Fax: 91 408 70 47. Email: comunicacion@fidc.gloobal.net

SPIP |